LOCALIZAÇÃO

R. Tutóia, 1125 - Paraíso
04007-005 - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3884-4644
Tel.: (11) 3884-4695

ATENDIMENTO

Segunda a Sexta:
das 7h30 às 19h30

Sábados:
das 8h30 às 13h30
das 14h30 às 18h00

Domingos e feriados:
das 8h30 às 13h
das 16h às 19h30

Reino de Deus: Utopia ou Realidade?

A compreensão que temos de Deus é que Ele é amor, bondade e misericórdia. Na história humana Ele deixa os sinais de um Deus que se ocupa com o ser humano dando-lhe uma importância extraordinária, agraciando-o com a presença libertadora de Jesus Cristo e a presença santificadora do Espírito Santo. Somos amados imensamente pelo Pai. É verdade! Da fonte deste amor que é o Pai, o Criador, transborda o maior de todos os dons: Jesus Cristo. Ele tem a plenitude do amor do Pai: “Este é o meu Filho amado em quem me comprazo, ouvi-o” (Mt 17,5). O Filho por sua vez tem como referência o amor do Pai e dá um sentido sublime para a sua missão: “meu alimento é fazer a vontade daquele que me enviou e consumar a sua obra” (Jo 4,34). Jesus revela o segredo que está no coração do Pai quando diz que “Deus não enviou o seu Filho ao mundo para condenar o mundo, mas para que o mundo seja salvo por ele” (Jo 3, 17).

Deus toma a iniciativa de abençoar e salvar toda a humanidade através de seu filho Jesus Cristo. É um gesto que só Deus pode realizar porque ama gratuitamente o homem e o salva de sua indigência. O homem não consegue salvar a si próprio. Ele não pronuncia a última palavra sobre a sua existência. Só Deus, fonte e origem da vida, é que pode libertar o homem de seus limites e conceder-lhe a vida eterna.

O agir de Deus é maravilhoso e as nossas palavras não conseguem esgotar o sentido da sua ação; mas podemos dizer que todos os dias somos sustentados pela Sua graça e Ele mantém a nossa existência. Como compreender e conhecer Deus, o Pai de todos os viventes? Existe um caminho: Jesus Cristo. Ele é a porta de acesso ao Pai que nos põe em relação direta com Ele: “Eu sou a porta das ovelhas”; “Eu sou o Caminho, a Verdade e a Vida. Ninguém vem ao Pai a não ser por mim” (Jo 10, 9; 14,6). Sempre ouvimos a expressão Reino de Deus sem nos dar conta do seu real significado. Jesus nos remete ao seu verdadeiro sentido porque Ele inaugura o Reino de Deus na história e pôde afirmar: “Cumpriu-se o tempo e o Reino de Deus está próximo. Arrependei-vos e crede no evangelho” (Mc 1,15). Às vezes duvidamos do amor de Deus e da sua presença salvadora na história dos homens e muitas inquietações instalam-se no nosso coração, talvez as mesmas de João Batista quando enviou alguns de seus discípulos para perguntarem a Jesus: “És tu aquele que há de vir, ou devemos esperar outro? Jesus respondeu-lhes: Ide contar a João o que estais ouvindo e vendo: os cegos recuperam a vista, os coxos andam, os leprosos são purificados e os surdos ouvem, os mortos ressuscitam e os pobres são evangelizados” (Mt 11,2-6).

“Ontem foram 12 apóstolos audaciosos e corajosos que continuaram a missão de Jesus Cristo anunciando a todos a mensagem do Evangelho. Hoje somos milhares de cristãos espalhados pelo mundo inteiro e não podemos ignorar que fomos agraciados e iluminados pela graça batismal que fez de nós seus discípulos e discípulas. Por isso, continuemos a Sua missão e a dos apóstolos, colunas da nossa fé, tornando-nos uma Igreja Plena de Jesus Cristo, sustentada pela Eucaristia, pela palavra de Deus e pela vivência da caridade. Nossa missão é anunciar a Boa Nova do Evangelho em todos os ambientes, redescobrir e ver o outro como próximo, como irmão; não podemos passar sem sermos notados. Nossa caminhada como Igreja missionária tem que ser sentida, ser exemplo e nunca se abater diante do mundo, mas tem que ser sustentada e alimentada pela fé em Jesus Cristo e proclamar os valores do Reino de Deus: santidade, justiça, verdade, fraternidade, paz...

 Despeço-me de você na certeza de que o Reino de Deus é realidade entre nós, sabendo que Ele se compadece das nossas dores e fraquezas e se alegra com as nossas vitórias e fica feliz quando praticamos o bem e quando trabalhamos para que o mundo seja edificado no amor e na justiça.

Retornar

 
 

Paróquia do Santíssimo Sacramento
www.osantissimo.org | Todos os direitos reservados.
O conteúdo deste site é de propriedade e uso exclusivo da Paróquia do Santíssimo Sacramento, proibida sua reprodução ou utilização total ou parcial a qualquer título, sob as penas da lei.