LOCALIZAÇÃO

R. Tutóia, 1125 - Paraíso
04007-005 - São Paulo - SP
Tel.: (11) 3884-4644
Tel.: (11) 3884-4695

ATENDIMENTO

Segunda a Sexta:
das 7h30 às 19h30

Sábados:
das 8h30 às 13h30
das 14h30 às 18h00

Domingos e feriados:
das 8h30 às 13h
das 16h às 19h30

Pastoral Bíblico Catequética - Estrutura
Pastoral de âmbito da Arquidiocese de São Paulo

A pastoral bíblico catequética é dividida em nossa paróquia em:

- Catequese de Crianças

- Grupo de Perseverança

- Crisma (jovens e adultos)

- Catequese de adultos

A palavra Catequese se origina do verbo grego katechein, que siginifica ensinar, educar. Catequese é uma palavra composta de "kata" = contra e "échésis" = ruído; sendo a "kcatéchésis" a ação de proclamar, de anunciar. Catequese é a ação de educar e de instruir os crentes depois da sua conversão; primeira função da Igreja, depois do anúncio da fé.

O Diretório Geral para a Catequese diz: A ação evangelizadora da Igreja se organiza em três etapas essenciais: a ação missionária que faz o primeiro anúncio; a ação catequética que realiza a iniciação e o aprofundamento da fé; e a ação pastoral que cultiva a fé dos cristãos já mais amadurecidos na fé e que querem fazer uma caminhada como Igreja, no seio da comunidade cristã ( DGC, nº 49).

A pastoral se organiza através das Diretrizes Gerais da Ação Evangelizadora da Igreja no Brasil, o Diretório Catequético Geral, o Catecismo da Igreja Católica, as orientações dos Encontros Nacionais de Catequese e o Diretório Nacional de Catequese.

Em comunhão com as equipes regionais e com as Escolas de formação catequética, quer oferecer aos catequistas, conteúdos e momentos de formação, para que estes se tornem agentes construtores de comunidades cristãs, sinais da presença do Reino de Deus no mundo.

Segundo o cardeal Dom Claudio Hummes a catequese deve tornar as pessoas discípulas e missionárias de Jesus Cristo. “Ser discípulo e missionário faz parte da nossa substancia de cristãos”, disse dom Cláudio. “A catequese deve levar o catequizando a encantar-se com Jesus”.

Para o cardeal, a evangelização vem primeiro que a catequese, mas ambas se complementam. “Hoje não é possível mais separar evangelização e catequese. A catequese também tem que fazer evangelização, dar o primeiro anúncio. Deve levar os catequizandos a fazerem o encontro pessoal com Jesus Cristo. A criança é capaz de fazer a experiência de que Deus a ama”, acentuou. Segundo dom Claudio, a catequese deve levar o catequizando a fazer em primeiro lugar a experiência de Jesus Cristo. “Depois vem o resto, a doutrina, a relação com os irmãos, com os pobres. Só mesmo enraizados em Jesus Cristo é que nosso amor aos pobres pode perdurar”, disse.

Desafios

Dom Cláudio apontou alguns desafios à catequese. Em primeiro lugar, ele questionou sobre os conteúdos dados na catequese e chamou a atenção para o Catecismo da Igreja Católica e para o uso da memória na catequese. “Não podemos deixar a memória de lado na catequese”, disse.

Outro desafio apontado pelo prefeito da Congregação para o Clero foi exatamente em relação aos padres. “A relação dos párocos com a catequese precisa ser sempre trabalhada”, acentuou. Além disso, considerou como desafios o envolvimento dos pais na catequese de seus filhos e o entrosamento da catequese com a liturgia.

 

Retornar

 
 

Paróquia do Santíssimo Sacramento
www.osantissimo.org | Todos os direitos reservados.
O conteúdo deste site é de propriedade e uso exclusivo da Paróquia do Santíssimo Sacramento, proibida sua reprodução ou utilização total ou parcial a qualquer título, sob as penas da lei.